Equilíbrio

O que é superdotação? Opinião de Kermadec's

Muitas vezes ouvimos o termo "superdotação", mas o que isso realmente significa? Descubra a resposta da psicóloga Monique de Kermadec, especialista do assunto.

Você pode já ter lido em artigos ou ouvido em transmissões o termo "superdotação", sem entender completamente o que significava. Monique de Kermadec, psicóloga especialista e psicanalista, explica a que "superdotação" se refere e qual é a definição dela.

Superdotação, outro termo para falar sobre o bem dotado

A palavra talentosa é uma palavra canadense que não usamos necessariamente na França. Na verdade, esse é outro termo para falar sobre pessoas superdotadas. Como Monique de Kermadec explica, a superdotação refere-se a habilidades intelectuais extraordinárias que colocam a pessoa em torno de 130 de QI. Podemos perceber que estamos sempre procurando o termo certo para definir corretamente as habilidades excepcionais, fora do comum que algumas crianças ou adultos podem apresentar. Isso também é notado pela multiplicidade de termos usados ​​para falar sobre os superdotados: superdotação, alto potencial, superdotação, talento, alguns até se apropriam do rótulo de "zebra". Este último, muito mais vago do que todos os outros, no entanto, corresponde a uma certa expectativa.

O dom é traduzido por uma inteligência excepcional, mas também por uma grande criatividade. Uma criança excepcionalmente talentosa pode muito bem experimentar uma carreira escolar caótica por falta de estímulo. Da mesma forma, um adulto de alto potencial não necessariamente terá sucesso em sua carreira se duvidar dele. É por isso que é importante não hesitar em contatar um especialista para ser acompanhado, ou passar em um teste de QI se tiver a menor dúvida de ser talentoso.

Publicações Populares

Categoria Equilíbrio, Próximo Artigo

Prazer: Mime-se com um pecado fofo diário
Equilíbrio

Prazer: Mime-se com um pecado fofo diário

É até possível comer alimentos "tabu", como chocolate e queijo. Razoavelmente. Como? Corte seu quadrado de chocolate em vários pedaços e deixe derreter sob a língua. Você experimentará mais prazer do que engolir um tablet. Para queijo, astúcia também. Retire a sua porção (30 g) no início da refeição e prepare o seu prato com a sua fatia de pão, você não vai rachar como na frente de uma bandeja.
Leia Mais
Contracepção: como escolher?
Equilíbrio

Contracepção: como escolher?

Comprimido ou não comprimido? A questão está na agenda, pois se sabe que as pílulas anticoncepcionais causam mais de 2.500 acidentes venosos e 20 mortes prematuras a cada ano, como mencionado no relatório Agence du médicament. Após as queixas ao tribunal, o desembolso de pílulas de 3 e 4ª geração, a retirada de duas delas (Diane e Diane 35), o que deve ser feito: continuar com a pílula ou não?
Leia Mais
E se vivêssemos (quase) como os japoneses?
Equilíbrio

E se vivêssemos (quase) como os japoneses?

Chega de Okinawa! Se esta ilha detém o recorde de centenários por metro quadrado, na verdade é todo o Japão que é um bom aluno em saúde. Com uma das mais baixas taxas de obesidade do mundo (apenas 4% contra mais de 15% na França) e uma alta expectativa de vida saudável (74 anos em média *), os habitantes do "país do sol nascente" "são um excelente exemplo a seguir.
Leia Mais